home Cultura, Direito e cidadania, Noticias, Uncategorized Ceni se despede do futebol batendo em Dilma e Aidar; primo de ex-presidente do São Paulo é investigado na Lava Jato

Ceni se despede do futebol batendo em Dilma e Aidar; primo de ex-presidente do São Paulo é investigado na Lava Jato

Ídolo do São Paulo Futebol Clube, o goleiro Rogério Ceni despediu-se do campo batendo duro no ex-presidente do clube, Carlos Miguel Aidar. Ceni comparou o cartola à presidente Dilma Rousseff, que enfrenta processo de impeachment.

0002050047534_img “A situação política da CBF nada mais é que um reflexo da situação do nosso país. Aquela sensação de impunidade, de que se pode tudo. Mas tenho a sensação de que isso está mudando. Hoje você já vê político corrupto preso, empresário corrupto preso, milionário preso… Acho que isso era algo impensável há 20 anos. Temos que fazer algo. Principalmente as pessoas que podem mudar o futuro do país, de recuperar 13 anos jogados no lixo da política brasileira (mandatos de Lula e Dilma). Talvez demore cem anos para recuperar, mas eles têm a oportunidade de fazer isso por voto, decisão deles mesmo para colocar o país em um rumo correto”.

Falta acrescentar um detalhe não menos importante. O primo de Aidar, Gabriel Aidar Abouchar, que omite oficialmente o sobrenome constrangedor, ocupa cargo na diretoria do clube paulista e foi sócio de Augusto de Mendonça Ribeiro Neto na Setal Construções.

Mendonça Neto é aquele mesmo que fechou acordo de delação premiada na Operação Lava Jato e em seu depoimento citou o nome de Aidar Abouchar.

Confira em anexo o DOCUMENTO de colaboração de Mendonça Neto. Aidar Abouchar é citado na página 3.

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *